Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casamarela

Blog experimental, dedicado a uma ala do Palácio Amarelo de Portalegre. Verdadeira «Casa de Bonecas», onde, seguindo a tradição, há sinais e emblemas de nobreza. Assim: Casa Amarela, Cas'Amarela, ou Casamarela

Casamarela

Blog experimental, dedicado a uma ala do Palácio Amarelo de Portalegre. Verdadeira «Casa de Bonecas», onde, seguindo a tradição, há sinais e emblemas de nobreza. Assim: Casa Amarela, Cas'Amarela, ou Casamarela

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A propósito da Escadaria do Palácio Amarelo de Portalegre

Ao ver o Tecto da Grande Escadaria do Palácio Amarelo de Portalegre, sobretudo os entrelaçados existentes, que nascem nos cantos côncavos (e arredondados), é natural que se pergunte: é já influenciada pelo Gosto Adam?

Porque em geral, a ideia das esculturas e de todo o relevo, a branco, colocado sobre azul, claro que é difícil não sentir neles uma influência dos trabalhos de Josiah Wedgwood.
Apesar deste tom do azul, bem diferente daquele que o industrial inglês usou e divulgou!
Mas, voltando a esse "Gosto Adam", que por exemplo já encontrámos no Palácio que foi do Barão de Quintela/Conde de Farrobo, em Lisboa, ao Chiado, aqui neste caso de Portalegre os entrelaçados formados de arcos e guirlandas, eles também lembram os entrelaçados cristãos, irlandeses e aquilo que genericamente é chamado (talvez erradamente?) de cariz celta.
Estamos portanto perante uma daquelas sínteses, ou acomodações, que são fascinantes. Em que iconografia proveniente de vários lugares diferentes (influência geográfica), se articula com imagens provenientes de diferentes ideologias, e visões antropológicas (ou influência religiosa), também diferentes.
O que vamos pondo aqui, em http://iconoteologia.blogs.sapo.pt ou em http://primaluce.blogs.sapo.pt, teve origem nos nossos estudos dedicados a Monserrate: http://primaluce.blogs.sapo.pt/2010/10/10/ 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.