Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casamarela

Blog experimental, dedicado a uma ala do Palácio Amarelo de Portalegre. Verdadeira «Casa de Bonecas», onde, seguindo a tradição, há sinais e emblemas de nobreza. Assim: Casa Amarela, Cas'Amarela, ou Casamarela

Casamarela

Blog experimental, dedicado a uma ala do Palácio Amarelo de Portalegre. Verdadeira «Casa de Bonecas», onde, seguindo a tradição, há sinais e emblemas de nobreza. Assim: Casa Amarela, Cas'Amarela, ou Casamarela

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A Sé de Portalegre e a influência que teve em vários detalhes existentes no Palácio Amarelo

Já por mais do que uma vez alertámos para esta temática, e, ao vivo, concretamente quando da Exposição do Carpe Diem no Palácio, nas explicações e visitas que acompanhámos aos diferentes grupos

Poderá parecer estranha...?

Mas, não só é claramente visível em vários exemplos, como acontece e se pode confirmar pela fotografia seguinte:

Sé-Capela de S. Pedro No exemplo constituído por um excerto da Capela de S. Pedro (da Sé), e especificamente pelas grades de ferro que foram o modelo para as guardas das varandas, das janelas de sacada do Palácio Amarelo.

Os gradeamentos chamam-se Rejas e curiosamente podem ainda encontrar-se também numa outra fachada muito próxima da Sé, na rua que tem este nome   

Depois há fundamentos, e não são poucos - aqueles com que nos temos deparado no desenvolvimento dos nossos estudos, feitos desde 2001, e que foram desencadeados pelas investigações sobre Monserrate.

O paralelismo entre a Religião e a Arquitectura já foi referido por Aby Warburg, mas, concretamente, o modo como o mesmo poderia ser descoberto, compreendido e desenvolvido, foi «receita» ou método que o referido autor não terá dado (?).

Claro que temos que o dizer desta forma, pois algumas informações de A. Warburg são muito claras, a exortar os autores a explorar o tema, sendo porém omisso naquilo que seria essencial.

Leiam-se então as ideias e conselhos de quem veio a originar uma das mais influentes instituições de Arte e Ciência de Inglaterra, e portanto, do mundo: "May the history of art and the study of religion—between which lies nothing at present but wasteland overgrown with verbiage—meet together one day in learned and lucid minds (minds destined, let us hope, to achieve more than the present writer); and may they share a workbench in the laboratory of the iconological science of civilization." (ver em  http://warburg.library.cornell.edu/about/aby-warburg).

Por fim, resta-nos sublinhar que há muito adoptámos a síntese que é a palavra ICONOTEOLOGIA criada pelo estudioso dominicano Eugenio Marino, que assim entrou também ele (abrindo-o, pela terminologia) num campo cientifico que é extremamente fecundo.

Como fecunda é a cidade de Portalegre, riquíssima para as temáticas que nos dariam um doutoramento se...

And thanks God for the extraordinary workbench we were given!

E ainda:

http://www.agencia.ecclesia.pt/noticias/dossier/diocese-de-portalegrecastelo-branco-patrimonio-e-historia/

C:\Documents and Settings\user\Definições locais\Temp\3_Sé de Portalegre.pdf

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.