Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casamarela

Blog experimental, dedicado a uma ala do Palácio Amarelo de Portalegre. Verdadeira «Casa de Bonecas», onde, seguindo a tradição, há sinais e emblemas de nobreza. Assim: Casa Amarela, Cas'Amarela, ou Casamarela

Casamarela

Blog experimental, dedicado a uma ala do Palácio Amarelo de Portalegre. Verdadeira «Casa de Bonecas», onde, seguindo a tradição, há sinais e emblemas de nobreza. Assim: Casa Amarela, Cas'Amarela, ou Casamarela

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

RECUP (3) - Teoria + Ferramentas e Utensílios para Restauro

Muitos julgarão que são fáceis e rápidas as operações de recuperação e restauro de obras antigas que o tempo e acção humana levaram a que se degradassem? Talvez?

Porém, quando se vê como são minúsculas as ferramentas para efectuar esses trabalhos, é quando se «cai na real»:

ferramentas e utensílios para restauro

É quando se percebe que com lâminas cujo perímetro - ou área de corte - não vai além de 2 cm, sendo que algumas terão entre 3 a 8 mm, então, é quando se valoriza a imensidão de gestos, e de trabalho repetitivo que há para (ou houve que...) realizar.

DSCN7443.JPG

Mas, embora lento o trabalho avança. Com surpresas, neste caso mais (folha de) ouro, onde nunca alguém chegou a pôr purpurina. Vá lá, ... será recompensas para persistentes!?

DSCN7452.JPG

Depois, nem só de gestos e de acção vive o Restauro ou as Recuperações: na mente - como equipamento intelectual (essencial a quem sabe o que está a fazer, para fazer bem) - é essencial que esteja a TEORIA. 

Pelo que se aconselha a melhor bibliografia (da nossa biblioteca mais conveniente):

---->Teoría de la restauración y unidade de metodologia, vol. 1 e  vol. 2, por Umberto Baldini. Editoras Nerea e Nardini, Madrid e Fiesole 1998.

E pode sempre haver mais que vamos reunindo ----> como neste caso

Ou este outro---->vindo do Brasil

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.