Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casamarela

Blog experimental, dedicado a uma ala do Palácio Amarelo de Portalegre. Verdadeira «Casa de Bonecas», onde, seguindo a tradição, há sinais e emblemas de nobreza. Assim: Casa Amarela, Cas'Amarela, ou Casamarela

Casamarela

Blog experimental, dedicado a uma ala do Palácio Amarelo de Portalegre. Verdadeira «Casa de Bonecas», onde, seguindo a tradição, há sinais e emblemas de nobreza. Assim: Casa Amarela, Cas'Amarela, ou Casamarela

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Uma correspondência entre as realidades invisíveis e as realidades visíveis é /foi a essencia da «melhor Arte»

Só a riqueza intelectual e a complexidade do pensamento de alguns personagens de épocas muito antigas – como terá sido (é o que nos parece...) o pensamento do chamado Pseudo-Dionísio, o Areopagita; de facto, só uma imensa riqueza intelectual poderia ter produzido certas frases e discursos, tão elaborados, quanto são - ou que sobretudo foram muito ricos em associações - como o texto abaixo. A citação que traduzimos e está em itálico, é um texto com cerca de mil e quinhentos anos. 

E neste caso - o excerto que escolhemos e as frases que inclui - é impossível não o considerarmos fascinante.

Por isso até já se usou como título, concretamente a última frase***:

 

"As vergas indicam o poder real, a soberania, a rectidão com a qual elas [a soberania e a rectidão] levam todas as coisas à sua concretização (...) os equipamentos de geómetras e de arquitectos, o seu poder de fundar, de edificar e de concretizar e, em geral tudo o que se relaciona com a elevação espiritual e a conversão providencial das suas  subordinadas. Acontece também por vezes que os instrumentos com os quais se representam simbolizam [333C] os julgamentos de Deus em relação aos homens, uns representando as correcções disciplinares ou os castigos merecidos, os outros a ajuda divina em circunstâncias difíceis, o fim da disciplina ou o regresso à antiga felicidade, ou ainda o dom de novos benefícios, pequenos ou grandes, sensíveis ou intelectuais. Em suma uma inteligência perspicaz não ficaria embaraçada por fazer corresponder os sinais visíveis às realidades invisíveis."

 

Ora de acordo com o que está acima, pode hoje perceber-se a complexidade de alguns portais (ou frontispícios) - como seria  o do Hospital de Todos-os-Santos, em Lisboa, no Rossio**.

Ou, analogamente (mas claro que bastante mais pobre) o Portal do Palácio Amarelo de Portalegre, apresentado num post anterior...

Hoje insistimos em evidenciar como assim todas estas obras se tornam bastante mais inteligíveis (pelo menos para nós), e por isso, logicamente, muito mais admiráveis e valiosas.

Como é também o caso do edifício onde está a Universidade Aberta (em Lisboa), também conhecido como Palacete Ceia-Bramão.

Está na fotografia seguinte, e havemos de voltar a escrever sobre este portal:

DSCN5046-b.jpg

E digam o que disserem, enterrem até a cabeça na areia, ou façam-se cegos e surdos; moucos, autistas ou insensíveis, porém, toda a gente sabe que «em terra de cegos...», quem goza é quem mais vê. Por pouco ou muito que seja, estamos nessa: gozar o melhor daquilo que os sentidos nos oferecem!

~~~~~~~~~~~~~~~~

*Que hoje, a maioria, estamos todos muito longe de compreender, sendo essencial estudar para perceber o que se passou!

**http://fotos.sapo.pt/g_azevedocoutinho/fotos/?uid=pj0ZFe1m9Hzi93FD3oPZ

***http://iconoteologia.blogs.sapo.pt/uma-inteligencia-perspicaz-nao-ficaria-69726

E porque já trabalhámos sobre este assunto, aconselham-se ainda outros posts, também relativos ao restauro das caixilharias e dos pinázios, que originariamnete eram de madeira, e que agora, abusivamente passaram a ser em alumínio! Vejam também:

http://www.cm-lisboa.pt/equipamentos/equipamento/info/palacio-dos-condes-de-ceiapalacio-bramao-universidade-aberta

http://cidadanialx.blogspot.pt/2012/10/palacio-bramaoceia-janelas-de-aluminio.html

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.